Use as múltiplas funções dos BCAA a seu favor!

73b22f56bac461a22d168991315e7524d728e343

Existem nove aminoácidos nutricionalmente classificados como essenciais, ou seja, que não são produzidos por nosso organismo. Três deles são os chamados aminoácidos de cadeia ramificada, popularmente conhecidos como BCAA (branched-chain amino acids), a saber: L-valina, L-leucina e L-isoleucina. Justamente por não serem produzidos naturalmente por nós é que se torna tão importante seu consumo via alimentação e/ou suplementação, dependendo da real necessidade e benefício para o indivíduo.

Nos alimentos ricos em proteínas – como carnes, aves, peixes, ovos, leites e queijos – são encontrados, em média, de 15 a 20 gramas de BCAA por cada 100 gramas de proteína. Os BCAAs são metabolizados, predominantemente, no músculo esquelético, o que significa que escapam do metabolismo hepático após a ingestão. Assim, aumentam rapidamente sua concentração no plasma.

O sistema imune é influenciado agudamente e, em menor extensão, cronicamente pelo exercício físico. Já está cientificamente comprovado que o exercício moderado aumenta a imunocompetência, enquanto no treino intenso ocorre um aumento da incidência de infecções no trato respiratório superior. Na literatura, existe a probabilidade do BCAA diminuir a dor muscular induzida pelo exercício e possivelmente relacionada com a imunidade, em virtude da dor ser um processo inflamatório.

Há ainda outras hipóteses sobre os efeitos do BCAA. Ele seria capaz de diminuir a perda de massa magra durante a redução de peso corporal, favorecer o processo de cicatrização, melhorar o equilíbrio proteico muscular em indivíduos idosos, além de trazer efeitos benéficos no tratamento de doenças hepáticas e renais. Cabe ressaltar que, hoje, não existem metabólitos que determinem a deficiência, a adequação e o excesso da ingestão de BCAA, futuramente, isso poderá melhor caracterizar seu uso em determinadas patologias. Os BCAAs são importantes para a manutenção da proteína corporal, além de serem fontes de nitrogênio para a síntese de alanina e glutamina, aminoácidos importantes para o sistema imune.

Em situações catabólicas como quadros de infecção ou desnutrição, os BCAAs são cruciais para a manutenção da função imune. No entanto, em situações catabólicas, mas não deficientes, como é o caso de atletas de elite envolvidos em intenso treino de endurance, os efeitos do consumo de BCAA ainda não está claro.

Alguns trabalhos com animais sugerem efeitos na recuperação, desenvolvimento muscular e redução do catabolismo, embora o nutriente com maior efeito anticatabólico continue sendo o carboidrato. Evidências científicas apontam para um potencial efeito bioativo na síntese proteica, relacionando a ação da L-leucina com essa síntese. Esse fato estimula diretamente a hipertrofia muscular, regulando os processos anabólicos.

Estudos mais recentes apontam a hipótese de que ingerir BCAA ao longo do dia promove saciedade nos seres humanos. Um ótimo possível benefício a ser utilizado contra o sobrepeso e a obesidade.

Seja qual for o benefício esperado, converse com o profissional nutricionista. Ele poderá auxiliá-lo quanto à necessidade, quantidade e momentos de consumo desses aminoácidos.

Fonte:Integralmédica.com.br

 

Summary
Use as múltiplas funções dos BCAA a seu favor!
Article Name
Use as múltiplas funções dos BCAA a seu favor!
Description
Existem nove aminoácidos nutricionalmente classificados como essenciais, ou seja, que não são produzidos por nosso organismo.
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *