Treinamento para pessoas acima dos 50

Trainamento50anos

Olá estamos hoje abordando uma temática muito pertinente, e por incrível que pareça, atualmente, o público nas academias para os praticantes de musculação acima dos 50 anos está muito expressivo e sabemos que o envelhecimento é um processo contínuo, o qual ocorre declínio progressivo de todos os processos fisiológicos. Mas, se essa população se mantém em um estilo de vida ativo e saudável, podem-se retardar as alterações morfofuncionais que ocorrem com a idade.

O sistema neuromuscular alcança sua maturação plena entre 20 e 30 anos de idade. Entre as 3ª e 4ª décadas a força máxima permanece estável ou com reduções pouco significativas. Em torno dos 60 anos é observada uma redução da força máxima muscular entre 30 e 40%, o que corresponde a uma perda de força de cerca de 6% por década dos 35 aos 50 anos de idade e, a partir daí, 10% por década.

Nessa fase ocorre também redução da massa óssea, mais freqüentemente em mulheres, que, quando em níveis mais acentuados, caracteriza a osteoporose, que pode predispor à ocorrência de fraturas. Há ainda alterações naturais das cartilagens articulares, que associada às alterações biomecânicas adquiridas (ou não) provoca ao longo da vida degenerações diversas que podem levar à diminuição da função locomotora e da flexibilidade, acarretando maiores riscos de lesões.

A prática da atividade física é recomendada para manter e/ou melhorar a densidade mineral óssea e prevenir a perda de massa óssea. O treinamento muscular melhora a força, a massa muscular e a flexibilidade articular. Se constitui em um excelente instrumento de saúde em qualquer faixa etária, em especial no idoso, induzindo várias adaptações fisiológicas e psicológicas.

Os exercícios nos quais se sustenta o próprio peso (funcionais) e exercícios de força, promovem maior fixação de cálcio nos ossos, auxiliando na prevenção e no tratamento da osteoporose. Aumenta ainda a força e a resistência musculares, o equilíbrio e a flexibilidade, com a conseqüente diminuição da incidência de quedas, fraturas e suas complicações.

Para o treinamento da força e da resistência muscular, devem-se trabalhar os grandes grupos musculares. Duas a três séries de seis a 12 repetições aumentam tanto a força quanto a resistência musculares. Propõe-se a realização de duas a três vezes por semana, utilizando uma intensidade equivalente a aproximadamente 60% de uma repetição máxima.

As pessoas com mais de 50 anos e com histórico de treinamento muscular há mais tempo, é possível o desenvolvimento da massa muscular ao nível de hipertrofia, não sendo diferente o seu treinamento daquelas pessoas mais jovens.

Fonte:Solaris.com.br

Summary
Article Name
TREINAMENTO PARA PESSOAS ACIMA DOS 50 ANOS
Description
o público nas academias para os praticantes de musculação acima dos 50 anos está muito expressivo e sabemos que o envelhecimento é um processo contínuo, o qual ocorre declínio progressivo de todos os processos fisiológicos
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *