Agachamento perfeito. Acerte na execução e ganhe nos resultados.

65b2d838bc2b011b3d2ae59c8ec09a4f86ca7a7e

O agachamento é considerado um dos exercícios mais completos para membros inferiores, especialmente quando feito em sua amplitude máxima. Quadríceps, glúteos, posteriores de coxa e ainda os músculos estabilizadores do core são ativados constantemente durante esse exercício.

A amplitude do movimento é importante por modular o recrutamento muscular. Um erro comum é realizar o agachamento até 90 graus, visando ao aumento da carga (peso) durante o exercício. Fazer o movimento completo (com amplitude máxima), mesmo com uma carga menor quando comparado com o agachamento até 90 graus, é mais efetivo para aumentar a força e a hipertrofia muscular, especialmente por ativar os músculos posteriores de coxa e glúteos. Vale lembrar que estudos comprovam que o agachamento é um dos exercícios mais efetivos para se trabalhar os glúteos, inclusive quando é comparado com exercícios isolados de glúteos.

Controlar a velocidade também é importante. Para quem busca a hipertrofia, como no bodybuilding ou fitness, realizar a descida de maneira cadenciada (lenta) é interessante porque evita a liberação da energia mecânica elástica armazenada durante o alongamento, o que aumenta consequentemente a ação nos músculos recrutados durante o exercício, podendo gerar maior hipertrofia. Já quem busca performance, seja por meio do aumento de força ou da potência, pode utilizar essa energia mecânica elástica acumulada em algum momento da periodização, ou seja, realizar movimentos excêntricos em maior velocidade, desde que cuide para que não haja instabilidade no joelho durante a descida.

Para se realizar um agachamento perfeito, deve-se trabalhar a aprendizagem motora do movimento. Pessoas com encurtamentos tendem a compensar o problema em algum momento da execução do exercício, seja levantando o calcanhar, fechando os joelhos ou mesmo projetando o tronco muito para a frente. É interessante que, antes da realização do movimento, seja feita uma avaliação funcional para detectar tais pontos de encurtamento e o praticante possa ser orientado a trabalhar considerando suas deficiências.

Falando sobre carga, é comum observarmos pessoas realizando agachamento com amplitude até 90 graus com carga excessiva. O correto é diminuí-la e aumentar a amplitude de movimento para, só então, aumentar a carga progressivamente. Agachar com amplitude máxima é mais seguro e mais funcional do que aumentar a carga e realizar o movimento incompleto.

A eficácia do agachamento para o trabalho de membros inferiores é inegável, mas para assegurar que o máximo de seus benefícios seja obtido com a máxima segurança, é fundamental que o movimento seja executado da forma correta, seguindo as premissas citadas.

 

Fonte: Integralmédica.com.br

Summary
Agachamento perfeito. Acerte na execução e ganhe nos resultados.
Article Name
Agachamento perfeito. Acerte na execução e ganhe nos resultados.
Description
O agachamento é considerado um dos exercícios mais completos para membros inferiores, especialmente quando feito em sua amplitude máxima. Quadríceps, glúteos, posteriores de coxa e ainda os músculos estabilizadores do core são ativados constantemente durante esse exercício.
Author
Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *